Portugal | Select other Country

Q10 da Pharma Nord utilizado no estudo Q-symbio




O Q10 da Pharma Nord voltou a ocupar os títulos de vários jornais de saúde mundiais. O Professor Sven Aage Mortensen do Rigshospitalet em Copenhaga, e os seus colegas europeus e asiáticos, apresentaram os resultados do estudo Q-symbio num congresso de cardiologistas em Lisboa, de 23 a 28 de Maio de 2013.

No estudo Q-symbio foram incluídos 420 doentes de 9 países diferentes, que avaliou um grupo de pessoas com baixos níveis de Q10.
 

Q10 da Pharma Nord dissolvido em óleo vegetal
O tratamento consistia em cápsulas de gelatina mole com 100 mg de Q10, três vezes por dia, durante 2 anos. O estudo pretendia comparar a evolução dos doentes que tomaram Q10 com os que não tomaram.

No mesmo ano, outro estudo com pessoas idosas (KiSel-10) conduzido pelo Dr.Urban Alehagen e a sua equipa, utilizou também produto de Q10 da Pharma Nord juntamente com selénio (SelenoPrecise), e chegou a resultados semelhantes.

Porquê o Q10 da Pharma Nord?
Investigadores optam pelo Q10 da Pharma Nord devido à extensa documentação (mais de 90 estudos científicos), elevada biodisponibilidade e segurança. Este produto é fabricado sob controlo farmacêutico na Dinamarca e é a referência oficial da ICQA (International Coenzyme Q10 Association).

A Pharma Nord também registou Q10 como medicamento.